Buscar

A faiança portuguesa


A faiança é uma forma de cerâmica branca, que possui uma massa cerâmica menos rica em caulim do que a porcelana e é associada a argilas mais plásticas. São massas porosas de coloração branca ou marfim e precisam de posterior vitrificação.


O termo faiança é usado para designar as tradicionais cerâmicas de Portugal, que têm origem nas culturas megalíticas que ocuparam o Ocidente da Península Ibérica milênios atrás. É possível identificar muitas influências distintas nessa arte, como vestígios dos antepassados romanos, árabes, visigodos e celtas. Sim, é uma técnica com raízes longínquas e que por isso mesmo deve ser difundida e preservada.


A cerâmica portuguesa remonta aos tempos pré-históricos, como você verá se visitar alguma exposição arqueológica nos museus de Portugal. Escavações de assentamentos antigos produziram urnas de terracota usadas para armazenar vinho, água e azeite, além de tigelas, jarros, xícaras e luminárias menores.



Embora existam outros tipos de faiança, as mais famosas e preferidas são aquelas em que. no fundo branco, destacam-se delicados ornamentos em azul, finamente desenhados, pelas mãos de experientes artesãos.


Atualmente ainda muito valorizadas, produzidas e consumidas em Portugal, as faianças não são mais fabricadas no mesmo processo de antigamente, mas a maioria das etapas continua sendo manual. As poucas máquinas empregadas não fazem o principal: a pintura delicada, minuciosa e única.


#faiançaportuguesa

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo