Buscar

O chá na Rússia


A história dos russos com o chá começa por volta dos anos 1600, quando o czar recebeu de embaixadores chineses algumas caixas de chá de presente.

No começo a bebida era consumida por pessoas da alta sociedade, pois o caminho percorrido pelas caravanas que traziam as folhas de chá da China para a Rússia era longo e tornavam o produto caro. Apenas depois da construção da ferrovia Transiberiana é que esse cenário mudou e o chá se tornou mais popular.

Consumir a bebida na Rússia é sinônimo de encontros e festas. As celebrações ocorrem ao redor do Samovar, uma espécie de chaleira parecida com uma urna, feita de cobre, metal, prata ou bronze, no qual a água que será misturada com o chá é aquecida.



O utensílio é composto por um recipiente contendo uma ou várias torneiras na parte de baixo, onde é colocada a água, e um depósito com forma cilíndrica onde se colocam brasas acesas para fervê-la .

O chá preto é um dos mais consumidos pelos russos. Durante o ritual, o samovar é colocado no centro da mesa junto com um bule contendo um concentrado de chá chamado de zavarka. Cada convidado se serve com a quantidade desejada em sua xícara e adiciona a água bem quente.

Geralmente eles optam por variedades de chás chineses, que não amargam tão rapidamente. Isso porque o zavarka fica armazenado dentro do bule por bastante tempo (praticamente o dia todo), o que acaba deixando os chás mais amargos.

Além da infusão, uma típica cerimônia russa é comumente servida acompanhada de açúcar, fatias finas de limão, mel, geleia, leite, tortas e doces.


#ochánaRússia

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo